O mundo não está preparado para uma lua em Capricórnio


Ontem atendi uma psicóloga que me falou essa frase e ela ficou na minha cabeça. Sempre que termino um atendimento, fico muito no campo energético da pessoa ainda por uns minutos e normalmente dou umas respiradas longas pra voltar ao meu eu. Quem trabalha atendendo pessoas deve me entender.

Mas voltando ao título, fico pensando como existem posicionamentos planetários que são incríveis mas que de fato o momento da história em que estamos não dá o devido valor, e isso é bem interessante de se pensar. E também acho incrível pensar como a astrologia segue intacta e soberana por toda a eternidade. Mas o que por exemplo, numa fase de monarquia devia ser muito funcional, hoje, principalmente no Brasil e seu povo que eh regido pela lua em Gêmeos, é visto como mala ou certinho demais. Não é muito louco viver numa época onde ser certinho demais é pejorativo e uma crítica ?

A pandemia trouxe isso muito a tona. Não falo aqui de ser inflexível ou de julgamento aos que não são tão certinhos, mas falo da falta de reconhecimento de fazer as coisas certas e até do fato de que a pessoa passa a vida tentando ser menos “caxias” pra se adequar. Isso te parece correto?


Todo mundo tem (ou é) um amigo que já flexibilizou a pandemia faz tempo. Ou que é super incoerente, fazendo uma parte do que é correto e outra não, ou de fato, fazendo o que seu emocional e sua situação de vida conseguem. Os que se adaptaram a pandemia de forma integral pagam o preço da galera que flexibilizou, as vezes com a própria vida. E sabe quem muitas vezes fica de errado? O “certinho”, que está sendo “muito radical”.

Importante falar que não estou generalizando nada aqui, nem a própria lua exilada na cabra, até porque ela pode ter um Plutão colado, uma oposição ou uma conjunção braba entre outras coisas. Nada na astrologia e nem na humanidade se generaliza. Mas esse texto é pra dizer pros certinhos que eles devem se honrar por serem como são. E que eles tem a astrocartografia (que me tornarei uma especialista em breve, porque sim, estou fazendo tudo certinho e achando lindo) e eles podem ir pra linhas em que ser correto será exaltado como vocês merecem.

Como diz nosso mestre ariano Jorge Ben, “se o malandro soubesse como é bom ser honesto, seria honesto só por malandragem”, só que tem gente (e me incluo aqui) que demora muitoooo pra perceber isso. Então, sigam na verdade de vocês e saibam que eu admiro demais vocês, que já vem com a certeza de que a malandragem mora na honestidade interna acima de tudo.